Ligas especiais e sua aplicação médica

A empresa Carpenter Technology Corporation desenvolveu um conjunto de ligas metálicas especiais para serem utilizadas pelo setor médico em geral e dentário em particular. Equipamentos para fixação, de substituição e material ortodôntico são alguns dos objetivos. Os clientes esperam equipamentos mais resistentes à corrosão e mais duráveis no longo prazo (capazes de resistir a pressões continuadas por muito tempo).

Um exemplo bem conhecido é o uso de implantes dentários, que, através do processo de osseointegração, fazem com que as pequenas peças de metal passem a constituir uma só unidade junto com o dente, tal é a força com que o osso se irá colar ao metal implantado. Mas é necessário que os pinos de metal sejam tão fortes quanto o próprio dente, para que resistam a anos de força aplicada cotidianamente pelo maxilar.

Confira alguns exemplos concretos de ligas e materais desenvolvidos que apresentaram bons resultados.

BioDur® TrimRite® stainless

Foi avaliado que este material, muito usado em instrumentos e especialmente em instrumentos de corte, conseguiu melhores resultados que os Type 410 e 420 em três fatores de avaliação essenciais: resistência à corrosão, facilidade de fabricação e preservação do fio.

BioDur 108

É um material não magnético com uma incrível resistência, o que faz com que seja muito apreciado pela área de ressonância magnética. Seus implantes mostraram ser mais resistentes que outros como o BioDur 316LS ou o Alloy 734. Tem ainda a vantagem de não ter níquel, o que é recomendado pela indústria médica face à sensibilidade extrema a este mineral que afeta algumas pessoas.

Barras de titânio

Uma outra empresa, a Dynamet, está fabricando barras em titânio que podem ser utilizadas na fabricação de implantes espinhais e outros equipamentos. Todos os produtos em titânio da Dynamet cumprem os critérios ISO 5832 e outras especificações da indústria, como a ASTM F-1472 ou a ASTM F-136.